quarta-feira, 27 de maio de 2015

IAP recebe representantes dos municípios da região

Nesta quinta-feira (14) o Instituto Adventista Paranaense (IAP) recepcionou representantes políticos e ambientais dos municípios de Ivatuba,Itambé, Floresta, Paiçandu e Maringá. Além de se familiarizarem com as propostas educacionais do IAP, o grupo plantou mudas, parte de um reflorestamento realizado na fazenda da instituição. A proposta de ampliar a mata é uma iniciativa da administração da instituição. São aproximadamente 15 mil mudas de árvores diversas. A prefeitura de Maringá doou cerca de 40 mudas para somar com as demais.
O responsável pelo projeto e mapeamento dos locais de plantação, Roberto Rolli, conta que o sistema escolhido possibilita a diversidade e expansão da área verde em pouco tempo. “ Usamos um sistema de reflorestamento por módulos. Com esses pequenos bosquetes temos um crescimento muito mais rápidos de massa verde. Neles trabalhamos com aproximadamente 45 espécies. Nem mesmo na mata nativa temos essa diversidade”, explica e ainda projeta outras vantagens. “Futuramente, o IAP pode até virar um banco de sementes para a região”. 
De acordo com o secretário de Meio Ambiente de Ivatuba, Anízio Furlan, esta iniciativa é ímpar e terá impacto positivo em toda região.  “ Parabéns pela ação porque enquanto tem gente desmatando, está aqui essa fazenda sendo reflorestada. Não é apenas o IAP que ganha, mas todos ganhamos com isso. Na melhora do ar, conquista de nova fauna”, relata. 

Comitê em prol do Ribeirão
Em setembro de 2014 foi estabelecido um comitê que pretende desenvolver ações de conscientização para a revitalização do ribeirão Paiçandu. Águas que nascem próximo a divisa entre Maringá e Paiçandu, passa por Ivatuba e Floresta e desagua no rio Ivaí. Parte dos visitantes integram o comitê, como o técnico ambiental da secretaria de meio ambiente da prefeitura de Maringá, André da Costa Martins. 
Avistando a encosta do rio Paiçandu, que passa pelas terras do IAP, Martins falou sobre a importância irrefutável da iniciativa. “Não precisa ter conhecimento técnico-científico para saber que a água é fundamental para toda e qualquer forma de vida. E nós que temos esse conhecimento necessitamos agir em prol do meio ambiente”, posiciona. 
Acompanhada do secretário do Meio Ambiente de Paiçandu, a bióloga e membro do comitê, Nádia conta que, quando o rio chega até seu município, já carrega as consequências de deslizar próximo à industrias. “Ele já chega poluído em Paiçandu. Mas este é um problema que ainda pode ser solucionado. Estou bem animada com o comitê e as propostas que vamos desenvolver em favor do ribeirão”, afirma. 
O ponto final da visita ao IAP foi o restaurante, local em que foram surpreendidos com um Flash mob, produzido pelo coral Novo Canto, liderado pelo maestro Edward Thomas. 
“Tudo incrível. Desde a recepção, a música e a comida vegetariana”, expressa o atual prefeito de Ivatuba, Robson Ramos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários postados nesse espaço não são de autoria e nem responsabilidade do autor deste blog Se por acaso, você se sentir ofendido, mande um email para joaopacheco2210@hotmail.com que ele será removido. Esse espaço é democrático, aproveite para dar a sua opinião, sem ofender ninguém.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...