quarta-feira, 6 de maio de 2015

Encontro na Capela da Sapata com o Grupo Jovens.Cristo

Após um hiato de 8 anos, a Capela da Sapata abriu suas portas nesse ultimo final de semana. Numa iniciativa inédita do Grupo Jovens.Cristo, foi realizado um encontro de reflexão, celebração  e caminhada, que reuniu dezenas de jovens e fiéis. Cabe ressaltar que toda a limpeza da Igreja foi feita pelo Grupo de Jovem. Parabéns a todos os envolvidos, foi fantástico!!!

Histórico da Capela da Sapata
Capela Sapata surgiu a partir de uma promessa do Sr. José Pereira Sapata, devoto de Nossa Senhora de Fátima, feita em 1948, na cidade de Avanhandava, SP, quando, naquela época, a esposa do Sr. José, Da. Maria Rodrigues Sapata, estava com suspeita de câncer de mama e, caso a mesma fosse curada, o Sr. José construiria uma capela para Nossa Senhora de Fátima. Em 1959, eles mudaram para Ivatuba, Paraná. Entretanto, o Sr. José sofreu um acidente (queda de uma tulha) em 1961, vindo a falecer. 

Essa promessa só foi cumprida em 1964, pelo seu filho, Sr. Daniel Pereira Sapata e os irmãos, que começaram a construção da capela na entrada da fazenda, sendo concluída 3 meses após. A primeira missa na capela foi realizada no mesmo ano de 1964, pelo Pe. Pedro Jarussi. 

Em 1968, a Capela Sapata entra em atividade com o Pe. Anacleto Ângelo Rabachin e recebe D. Jaime Luiz Coelho em sua primeira visita pastoral, fazendo 203 confissões, 390 comunhões, 68 crismas, 2 visitas a doentes, 4 conferências e 2 pregações. 

Em 1996, a família Sapata procura o Pe.Helio Takemi Sakamoto para iniciar as obras de restauração da Capela, obtendo a permissão do Arcebispo D. Jaime para iniciar as obras.

Em 11 de julho de 1999, a Capela é reinaugurada, com festa em louvor à Nossa Senhora de Fátima e missa solene presidida por D. Murilo Krieger e concelebrada pelo Pe. Salazar e Pe. Takemi.

A imagem de Nossa Senhora veio do Santuário de Fátima, e até os sobreiros, avinheiras e outras plantas do pátio têm origem no além-mar.

A Capela da Sapata recebeu ainda outras visitas pastorais de D. Jaime Luiz Coelho (em 1972, 1977 e 1983), de D. Murilo Krieger (em 1999) e do atual arcebispo de Maringá, D. Anuar Battisti.
















2 comentários:

  1. parabens jovens de ivatuba

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, jovens e comunidade de Ivatuba. Fui criado aí perto, no Negrette, e me doía passar em frente e ver a igreja abandonada. Agora, sim. Bonito! Próximo etapa, uma mão de tinta, ou até mesmo de cal, nas parede externas. Abraços. Aparecido Benatti - Londrina.

    ResponderExcluir

Os comentários postados nesse espaço não são de autoria e nem responsabilidade do autor deste blog Se por acaso, você se sentir ofendido, mande um email para joaopacheco2210@hotmail.com que ele será removido. Esse espaço é democrático, aproveite para dar a sua opinião, sem ofender ninguém.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...