terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Ivatuba: Alerta contra a Dengue

No nosso municipio, o clima continua quente e abafado apesar das noites com temperaturas mais amenas. Porém tem chovido em Ivatuba  e com o período chuvoso surge novamente um problema que nos atormenta todos os anos, a Dengue.
O acumulo de água em poças, pneus abandonados e recipientes, serve de alerta para uma possível epidemia de dengue que pode acontecer. E que esperamos que não ocorra. Em Ivatuba, os Agentes da Dengue vem realizando um bom trabalho, localizando muitos focos do mosquito transmissor. Como podemos observar nas imagens a seguir.
É hora de a sociedade fazer seu papel fiscalizador, cada cidadão deve atuar ajudando a evitar novas epidemias e mortes. É fundamental que cada pessoa fiscalize a sua casa, não deixando recipientes que possam acumular a água da chuva. Assim, cada um de nós deve tentar evitar a formação de criadouros do mosquito Aedes aegypti.
O poder público também  deve cumprir a sua função fiscalizadora, orientadora e também trabalhar para combater o acumulo de água que pode ser visto em muitas calçadas irregulares, em obras públicas, e praças em estado ruim de conservação. Recentemente foi feito um arrastão contra a dengue, mas a prevenção não pode parar
Fotos Pedro Rafael Coral
O combate ao mosquito da Dengue é uma responsabilidade de todos, e não somente de uma via.



PREVENÇÃO E COMBATE
Nesta época, não use vasos ou jarros de flores ou plantas com água acumulada.
Manter os vasos de plantas secos. Tampar caixas d'água.
Manter o quintal livre de pneus, copos, latas e quaisquer recipientes que possam acumular água e facilitar a reprodução do mosquito.
Evite jogar lixo próximo a bueiros. Se eles entupirem, poderão formar poças de água que facilitarão a proliferação do mosquito.
Se for necessário manter recipientes com água para o abastecimento da casa, deixe-os muitos bem tampados, para evitar a entrada do mosquito.

 E SE A DENGUE APARECER? OS SINTOMAS
Depois de três dias após a picada, a pessoa começa a ter febre, dor de cabeça (na região ocular principalmente), dor nos ossos, prostração, vômito, diarréia, falta de apetite e erupções na pele.
A dengue hemorrágica surge de três a cinco dias depois do aparecimento dos primeiros sintomas. O doente tem uma súbita melhora e a febre desaparece.
Em questão de horas, a febre volta, seguida por suores, pele pálida, frieza nas extremidades (mãos, pés, nariz ), dor de garganta, pulso fraco e queda de pressão, além de dores no estômago e abaixo das costelas.

O QUE FAZER
Quem apresentar um desses sintomas, que é parecido com a gripe ou resfriado, deve imediatamente, procurar orientação médica, fazer repouso, beber muito líquido, em doses pequenas, mas repetidas, em espaços curtos de tempo.
E atenção! A pessoa não deve se automedicar. Não tomar remédio do tipo aspirina, à base de ácido acetilsalicílico e dipirona (novalgina), antitérmicos e analgésicos, para baixar a febre ou aliviar as dores. Tais medicamentos aumentam o risco de sangramento e prejudicam o tratamento e a cura, podendo levar os pacientes para a dengue do tipo hemorrágico.

RECEITAS CASEIRAS
1) diluir uma colher de chá de água sanitária em um litro de água e borrifar nas plantas e nos vasos. O procedimento não causa danos às plantas.
2) sal, vinagre, pimenta e orégano também matam o mosquito é o que afirma o biólogo Carlos Fernando Andrade, professor doutor de zoologia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), que estuda a dengue há 15 anos, Estas substâncias têm o mesmo resultado da cafeína, dependendo da quantidade.
Todo cuidado é pouco. Vamos evitar jogar lixo nas ruas, e evitar o acumulo de água em casa, afinal a Dengue nasce bem ao nosso lado.



4 comentários:

  1. isso mesmo, vale reforçar que a melhor maneira de abrandar os sintomas da dengue é ingerir muito líquido o maximo que puder, e a pessoa infectada pode transmitir o vírus pra outros mosquitos nao contaminados por mais ou menos uma semana após o inicio dos sintomas, ou seja, o melhor a fazer é abusar da agua que se possivel contendo um bom reidratante oral e aplicar repelentes contra mosquitos

    ResponderExcluir
  2. a saúde tem sido a melhor dos ultimos anos, apesar de alguns acontecimentos como em toda cidade!
    parabens pra toda a equipe e pra graze

    ResponderExcluir
  3. Por favor alguem vai lá na fabrica de roupas fiscalizar que eu não quero pega dengue novamente esse ano, pois em 2013 o foco tava lá......

    ResponderExcluir
  4. sim na fabrica de costura existia um grande foco criador do mosquito da dengue que se localizava na laje em cima do banheiro na qual acumulava agua da chuva, porem o problema já foi resolvido!
    lembrando que somente as fiscalizações periódicas dos agentes da dengue não são suficientes sem o apoio e colaboração da comunidade em geral, tendo em vista que do começo do ano até agora foram achados dezenas de focos criadouros, isso não é prevenção mas sim remediação

    ResponderExcluir

Os comentários postados nesse espaço não são de autoria e nem responsabilidade do autor deste blog Se por acaso, você se sentir ofendido, mande um email para joaopacheco2210@hotmail.com que ele será removido. Esse espaço é democrático, aproveite para dar a sua opinião, sem ofender ninguém.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...